Policial

Operação ‘pente-fino’ na cadeia de C.Mourão

Valter Velozo

07/12/2012 às 16:19 - Atualizado em 08/12/2012 às 10:21

Valter Velozo/Tribuna do Interior

Operação aconteceu na tarde desta sexta-feira

Uma operação ‘pente-fino’ foi realizada na tarde desta sexta-feira pelas Policias Militar e Civil, no mini-presidio de Campo Mourão. Durante as buscas no interior das celas, os policiais encontraram uma grande quantidade de celulares, baterias, carregadores, garfos, facas, dinheiro, recados anotados em pequenos papéis, além de estoques feitos com peças de motor de furadeiras.  Nas mãos dos presos, os estoques podem ser utilizados como armamentos.

Segundo o major Wanderlei Castro, comandante do 11º Batalhão de Policia Militar o objetivo é prevenir uma possível tentativa de fuga ou qualquer tipo de rebelião. “Com a chegada do final do ano sempre gera a expectativa de saída e quando essa possibilidade não é atendida, eventualmente pensa-se em uma fuga”, disse o major.

<galeria />

Ele lembra ainda que a população carcerária da 16º SDP é numerosa, com cerca de 200 presos, número seis vezes maior que sua capacidade. Por esse motivo, o major não considera exagero a quantidade de objetos apreendidos com os presos. “Isso demonstra que a cadeia esta sob controle.”            

O delegado-adjunto Marino Marcelo de Oliveira acompanhou a ação e reafirmou que o objetivo da operação e prevenir possíveis rebeliões e fugas. “Essa operação é rotineira em todo o estado do Paraná. Nessa época do ano os presos costumam cavar túneis e tentam fuga a todo custo. No próximo ano teremos mais transferências de presos como a que já foi realizada recentemente para Cruzeiro do Oeste. Com isso vamos reduzir mais essa superlotação na cadeia” declarou Marino.

Publicidade
Publicidade
Imagem do Dia

Bancos do ponto de ônibus do transporte coletivo na Rua Pitanga em Campo Mourão

Publicidade